a
Don’t _miss

Wire Festival

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

<We_can_help/>

What are you looking for?

Image Alt

Sobre

Brincar na Incerteza e Para o Desafio é o tema da Conferencia Europeia que se realiza de 28 a 30 de maio.

Uma organização conjunta com parceiros estratégicos do Município de Cascais, nomeadamente, a Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa e a International Play Association (IPA) – Delegação de Portugal.

Durante dois dias e meio, a uma escala europeia, a comunidade educativa de Cascais, conjuntamente com peritos nacionais e internacionais terá a oportunidade de apresentar e debater experiências, sobretudo considerando o período de incerteza e confinamento vivido em 2020.

  • Em que medida brincar ajudou a promover tempos construtivos em família?
  • Brincar ajuda-nos a reduzir a ansiedade e a lidar com o imprevisto?
  • A atividade lúdica influencia o nosso humor e disposição para as tarefas do dia a dia?

Para além do subtema “Brincar em contextos de imprevisibilidade”, são ainda eixos temáticos desta conferência: “Brincar e a relação com o mundo digital” e “Brincar em futuras comunidades”.

Com esta iniciativa pretende disseminar-se uma cultura aprendente sobre o jogo e o brincar, numa combinação de estudos científicos e experiências práticas locais, nacionais e internacionais.

Entidade Promotora

International Play Assotiation (IPA World) | Delegação de Portugal – A IPA é uma organização não governamental, com membros em cerca de 50 países. É interdisciplinar e abrange todas as profissões preocupadas com o bem-estar das crianças. A adesão está aberta a qualquer indivíduo ou grupo que endosse a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança, especialmente o artigo 31 que, resumidamente, afirma: toda criança tem o direito de descansar, lazer, brincar e recreação e de participar da vida cultural e do artes.

O objetivo da IPA é fornecer um fórum internacional para promover e melhorar as oportunidades para brincar e o desenvolvimento de ambientes de lazer, instalações de lazer e programas para todas as crianças e jovens em todos os países, de acordo com a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança.

Entidade Organizadora

Câmara Municipal de Cascais – O Municipio de Cascais, através do seu Departamento de Educação | Divisão de Apoio Pedagógico e Inovação Educativa, assumiu com a sua comunidade um compromisso sustentado por uma Política Local do Brincar – tem por missão conferir Tempos e Espaços para brincar na Escola, na Comunidade e em Família.

Esta Política assenta em 3 grandes eixos estratégicos – a Inovação | Conhecimento, a Educação | Participação e a Inclusão, através de:

Retirar, das escolas do 1.º ciclo e dos Jardins de InFância a escolarização das atividades de enriquecimento curricular e introduzir mais espaços e tempos para brincar;

Investir na Humanização dos espaços de jogos escolares, naturalizados, que aproximem as crianças da natureza, criando outros desafios de brincar em liberdade;

Potenciar e aproximar os diferentes recursos locais para o Brincar, com a criação da APP “Brincar em Cascais”destinada a todos os Munícipes;

Promover a criação de uma Rede Local de Espaços Lúdicos, promovendo a transversalidade do brincar ao longo da vida.

Esta Conferência, promovida em parceria com a International Play Assotiation, – Delegação de Portugal, e com a Faculdade de Motricidade Humana, contou igualmente com a participação da Comunidade Educativa de Cascais. O Logo deste evento foi criado pelos alunos do Curso Profissional de Multimédia do Agrupamento de Escolas de Cidadela.

Comissão Científica

Faculdade de Motricidade Humana – Uma faculdade caraterizada pela excelência do ensino e da investigação, e pela criação de oportunidades efetivas de estudo e aprendizagem em que os alunos estão no centro de todos os processos. Com uma visão para se sustentar e aperfeiçoar a excelência do ensino e da investigação com reputação nacional e internacional, nutrindo competências e conhecimentos relevantes na formação de estudantes conhecedores, competentes, íntegros, resilientes e influentes na sociedade.

Destaca-se, na identidade da Faculdade de Motricidade Humana, a abertura para a troca de ideias, a liberdade de expressão, o espírito solidário, a iniciativa empreendedora e o pensamento e atitudes proativas. Com entusiasmo e conciliando o interesse e as motivações individuais com o indissociável interesse coletivo, otimizam a coesão organizacional. Valoriza a singularidade e a especificidade. Um ambiente organizacional em que são respeitadas as diferenças, mas exigidas atitudes benignas e trabalho sinérgico.

Atualmente, a Faculdade de Motricidade Humana está entre as 100 melhores Faculdades do mundo e posiciona-se como a 33.ª na Europa.